Palestina avisa Israel por causa do plano de construção de colonatos nos arredores do Mar Morto

“O governo israelita tenta ocupar as zonas amplas nas bacias secas do Mar Morto”

Palestina avisa Israel por causa do plano de construção de colonatos nos arredores do Mar Morto

O ministro palestiniano dos Negócios Estrangeiros fez uma declaração oficial dizendo que “O governo israelita está a tentar ocupar as zonas amplas nas bacias secas do Mar Morto, que é considerado como território palestiniano no âmbito das fronteiras de 1 967”.

O governo palestiniano chamou a atenção da administração de Telavive, que deu ordens para instalar novos colonatos judeus nesta região palestiniana. Os projetos de Israel estão a ser alvo de condenação, e esta iniciativa israelita é vista como a continuação das violações dos acordos assinados entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina (OLP), para além de ser também uma violação do direito internacional.

O governo da Palestina apela à comunidade internacional para que intervenha com caráter de urgência, a fim de impedir os planos de Israel de construção israelitas nas proximidades do Mar Morto.

O diário israelita Haaretz, noticiou recentemente os planos do governo israelita, no sentido de reservar um orçamento de 116 milhões de dólares (417 milhões de Novo Shekel), para a criação de infraestruturas turísticas na zona norte do Mar Morto.



Notícias relacionadas