A OPAQ confirma o uso de gás sarin e cloro em março de 2017 na Síria

A Organização para a Proibição de Armas Químicas vê muito provavelmente o uso de gás sarin e cloro nos ataques perpetrados em 24 e 25 de março de 2017 contra a cidade síria de Latamina.

A OPAQ confirma o uso de gás sarin e cloro em março de 2017 na Síria

O uso de gás sarin e cloro foi confirmado nos ataques realizados em 24 e 25 de março de 2017 contra a cidade síria de Latamina.

A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) sublinhou que, no relatório da Missão de Investigação (FFM, por suas siglas em nglês), foi confirmado o provável uso do gás sarin como arma química no ataque perpetrado em 24 de março de 2017 contra Latamina.

A FFM também descobriu que o gás cloro foi provavelmente usado no ataque em 25 de março do mesmo ano contra um hospital em Latamina.

Os resultados foram obtidos como resultado da investigação, testes e informações das testemunhas. A coleta de informações e material, as perguntas que foram feitas às testemunhas, bem como a análise das amostras, levaram muito tempo para chegar a conclusões, transmitiu a OPAQ.

O relatório foi apresentado aos estados contratantes e à Assembleia Geral das Nações Unidas.



Notícias relacionadas