Iraque suspende as transações financeiras com a Administração Regional Curda do Iraque

O parlamento iraquiano suspendeu todas as transações financeiras com a Administração Regional Curda do Iraque, depois de uma votação nesse sentido.

Iraque suspende as transações financeiras com a Administração Regional Curda do Iraque

O parlamento de Bagdade aprovou o projeto de lei que prevê a suspensão de todas as transações financeiras com a Administração Regional Curda do Iraque (ARCI), na sequência do referendo de independência realizado no dia 25 de setembro. O projeto de lei agora aprovado, tinha sido elaborado pelo Comité de Assuntos Financeiros do Parlamento.

Durante a votação, não foi permitido o voto aos deputados eleitos pela Administração Regional Curda do Iraque. O presidente do parlamento iraquiano, Salim al Yuburi e a Aliança Nacional Xiita, pediram também que fosse levantada a imunidade parlamentar dos deputados que participaram no referendo organizado pela Administração Regional Curda do Iraque.

Antes desta votação parlamentar, já tinha sido também pedida a suspensão de todos os deputados eleitos na Administração Regional Curda do Iraque, bem como o regresso destes deputados à sua região de origem.



Notícias relacionadas