Governo de Tsipras recebe voto de confiança

O governo grego obteve o voto de confiança de mais de 150 deputados.

Governo de Tsipras recebe voto de confiança

Depois da saída do governo do parceiro de coligação governamental, o SYRIZA pediu um voto de confiança ao parlamento. Durante a votação, o governo recebeu 151 votos favoráveis do total de 300 parlamentares, o número mínimo para manter o governo em funções. 148 deputados votaram contra a moção de confiança e 2 deputados estiveram ausentes da sessão

Tsipras recebeu os votos positivos dos 145 deputados do SYRIZA e ainda de 4 deputados do Partido dos Gregos Independentes, que saiu da coligação governamental. O governo recebeu também a aprovação de um deputado independente e de um deputado do Partido Potami.

O ministro da Defesa, Panos Kammenos, que lidera um pequeno partido de direita nacionalista, o Gregos Independentes (Anel), abandonou o Governo no passado fim de semana, em protesto contra o acordo proposto com a vizinha Macedónia.

O acordo consiste na mudança de nome deste país, para Macedónia do Norte, em troca do levantamento do veto da Grécia à sua entrada na Aliança Atlântica e às negociações de adesão à União Europeia deste pequeno país balcânico e ex-república jugoslava.

O acordo culmina 28 anos de disputa com a Macedónia por causa do seu nome, que os gregos alegavam que tinha implícitas reivindicações sobre a sua própria província homónima e a herança cultural grega.

No domingo, Panos Kammenos, líder do Anel (direita soberanista), abandonou o cargo de ministro da Defesa e rompeu com a coligação, devido à entrada no parlamento helénico do acordo com a vizinha Macedónia sobre o novo nome do país balcânico.

Na sexta-feira, os deputados macedónios aceitaram designar o seu país "República da Macedónia do Norte" e seria agora o parlamento grego a pronunciar-se sobre o novo nome, na sequência do acordo de Prespa -concluído entre a Grécia e a Macedónia em 17 de junho.



Notícias relacionadas