Alemanha vai usar ultrasons para determinar a idade dos migrantes jovens

O governo alemão está a realizar estudos para determinar a idade dos jovens migrantes que chegam ao país, através do método de ultrasons.

Alemanha vai usar ultrasons para determinar a idade dos migrantes jovens

Jen Spahn, o ministro alemão da Saúde, disse ao jornal Neue Westfalische que compreende o porquê os médicos terem receio de usar raios X para determinar a idade dos jovens migrantes. Mas sublinhou que é preciso encontrar um método que minimize os danos aos tecidos.

“Precisamos de determinar a idade destas pessoas, porque isso tem impacto sobre o processo de asilo e sobre os julgamentos criminais” – afirmou Spahn, que indicou também que o seu ministério está a financiar o projeto da Universidade de Sarre e o Instituto Fraunhofer, que investigam o uso de ultrasons para determinar a idade dos jovens.

Spahn informou que os resultados desta investigação são esperados em 2 020.

Na Alemanha, alguns políticos defenderam no passado que os refugiados poderiam ser identificados em termos etários através de radiografias das suas mãos, em caso de dúvida.

Mas a Associação Médica da Alemanha opôs-se à revelação da idade dos migrantes, através de métodos como radiografias das mãos e dos pulsos.



Notícias relacionadas