22,5% da população da UE enfrenta risco de pobreza

A Bulgária foi o país com a maior percentagem da população total em risco de pobreza ou exclusão social em 2017, diz o Eurostat.

22,5% da população da UE enfrenta risco de pobreza

22,5% da população da União Europeia enfrentou risco de pobreza ou exclusão social em 2017, de acordo com um relatório do Escritório Europeu de Estatística, mais conhecido como Eurostat, na quarta-feira.

Para celebrar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, o Eurostat disse que a Bulgária era o país com a maior percentagem da população total em risco de pobreza, com 38,9%, enquanto a República Checa registrava o nível mais baixo, com 12,2% no mesmo período.

Do total da população da União Europeia, as mulheres atingiram 23,3% do risco de pobreza ou exclusão social, enquanto os homens registraram 21,6% no ano passado.

Em 2017, cerca de 64,7% da população desempregada na UE estava em risco de pobreza, com a maior proporção registrada na Alemanha (81,8%) e a mais baixa na Polônia (51,5%).

Apenas 12,3% da população da UE em risco de pobreza estava empregada.

Eurostat também revelou que 24.55 crianças do bloco estavam em risco de pobreza e exclusão social, variando de 14,2% na República Checa para 41,7% na Romênia.

No ano passado, cerca de 31% da população da UE não podia pagar férias anuais de uma semana longe de casa, com o menor na Suécia (8,8%) maior percentual na Romênia (65%), indicou o relatório.



Notícias relacionadas