O preço do petróleo venezuelano continua em alta

O preço do barril de petróleo venezuelano ficou em 69,65 dólares

O preço do petróleo venezuelano continua em alta

Caracas (EFE) .- O preço do barril de petróleo venezuelano fecha sua terceira semana em alta e fica em 475.71 yuans ($ 69.65) em comparação com 468,95 yuans ($ 68,86), no qual foi comercializado entre 27 e 31 de agosto, informou o Ministério do Petróleo.

Em resposta às sanções financeiras dos EUA contra alguns funcionários do Governo de Nicolas Maduro, a Venezuela anunciou no ano passado que desejava parar de usar o dólar como moeda de referência, motivo pelo qual começou a oferecer o preço do petróleo em moeda chinesa.

A taxa de câmbio aplicado pela Venezuela para o cálculo oferecido nesta sexta-feira foi de 6,83 yuans por dólar, enquanto que na semana passada foi 6,81 yuans por dólar.

O ministério também relatou outros três pacotes.

De acordo com a carteira de petróleo venezuelano, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) também registrou aumento, passando de 74,61 para US $ 75,50 dólares, o intermérdio do Texas também teve um comportamento semelhante, uma vez que passou de 69,18 dólares para 69,19 dólares e o Brent de 76,58 dólares para 77,50.

A produção de petróleo no país, que tem as maiores reservas de petróleo comprovadas no mundo, está no nível mais baixo das últimas três décadas, exceto por vários meses no final de 2002 e início de 2003, quando uma greve na estatal Petróleos da Venezuela  (PDVSA) despencou o bombeamento para menos de 100.000 barris por dia.

Em 13 de agosto, a OPEP indicou que o bombeamento da PDVSA atingiu uma média de 1.278 milhões de barris por dia em julho. EFE



Notícias relacionadas