Equador confirma que mantém relações diplomáticas com a Venezuela

O país andino esclareceu que, apesar de não ter enviado uma representação oficial ao juramento de Nicolás Maduro, não se torna parte do Grupo Lima

Equador confirma que mantém relações diplomáticas com a Venezuela

O Equador confirmou que mantém relações diplomáticas com a Venezuela, apesar de não ter enviado um delegado oficial à posse de Nicolás Maduro para seu segundo mandato presidencial, realizado em Caracas.

"O Equador é governado por princípios claros e básicos do direito internacional, não romperam relações diplomáticas com a Venezuela", disse o ministro das Relações Exteriores, José Valencia, em uma entrevista de rádio na quinta-feira.

Valência salientou que a posição de seu país tem um ponto de partida muito claro: "acreditamos que a saída para a situação na Venezuela deve ser tomada exclusivamente pelos venezuelanos, não pensamos que tem que ser uma ação internacional.



Notícias relacionadas