• Galeria de Vídeos

Três dissidentes das FARC morrem em combate e o Exército salva dois menores

Em uma operação realizada nas últimas horas pelo Exército Nacional no sudeste da Colômbia, três dissidentes das FARC foram mortos, outros dois foram capturados

Três dissidentes das FARC morrem em combate e o Exército salva dois menores

Bogotá, 08 de setembro (EFE) .- Em uma operação realizada nas últimas horas pelo exército no sudeste da Colômbia, três dissidente FARC mortos, outros dois foram capturados e dois menores foram resgatados, disseram autoridades.

A ação militar, que teve lugar na aldeia de Las Brisas del Itilla na área rural do município de Calamar (Guaviare), foi realizada depois que as tropas do exército se infiltraram mais de 23 quilômetros na área florestal e combateram com os guerrilheiros.

De acordo com um comunicado das autoridades, a operação foi contra "o grupo armado residual Estrutura Primeira, que é comandado por 'Iván Mordisco' no sudeste colombiano".

Estas pessoas armadas, que não respeitaram o acordo de paz entre o governo e as FARC assinado em 2016, foram responsáveis por "controlar o pagamento de extorsão e cobrança de dinheiro do tráfico de drogas", disse o Exército.

Na operação, três membros dos dissidentes foram mortos, identificados como "Alex Gago", que atuou como chefe, assim como os guerrilheiros "Daniela" e "Nando".

Em combate uma das crianças foram resgatadas e um dos capturados ficou ferido, de modo que receberam assistência humanitária por enfermeiros militares e foram posteriormente transferidos para o Hospital Municipal de San José del Guaviare.

Membros do Exército recuperaram na cena da operação três fuzis, uma metralhadora M60, um lançador de granadas M79, 29 granadas, 918 munições de diversos calibres, 13 provedores, 69 detonadores elétricos,sete frascos de pó preto, material de campanha e comunicações além de dinheiro em espécie. EFE


Etiquetas: FARC , Exército , combate

Notícias relacionadas