Santos anuncia que as medidas tomadas para o êxodo de venezuelanos já estão a funcionar

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, indicou este domingo que as medidas adotadas pelo seu governo para fazer face ao êxodo de cidadãos venezuelanos para a Colômbia, já estão a funcionar em pleno.

Santos anuncia que as medidas tomadas para o êxodo de venezuelanos já estão a funcionar

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, indicou este domingo que as medidas adotadas pelo seu governo para fazer face ao êxodo de cidadãos venezuelanos para a Colômbia, já estão a funcionar em pleno. A declaração foi feita durante uma passagem a pé pela ponte José António Páez, sobre o Rio Arauca, que marca a fronteira entre a Colômbia e a Venezuela. O presidente colombiano apelou também a que os venezuelanos sejam recebidos generosamente no país.

Santo deslocou-se até Arauca para participar no conselho de segurança, onde foi abordada a situação de segurança da Colômbia. Durante esta reunião, foi decidido aumentar o controlo sobre as fronteiras para fazer face à crescente chegada de cidadãos venezuelanos à Colômbia: “Estes controlos dão ordem e controlo. Isto beneficia os nacionais e os estrangeiros” – afirmou o presidente colombiano.

Entre as medidas tomadas pelo governo colombiano para controlar a imigração ilegal, estão a suspensão de emissão dos Cartões de Mobilidade Fronteiriça (TMF), usadas pelos habitantes das regiões fronteiriças para cruzar as fronteiras. Foi também criado o Grupo Especial Migratório (GEM), para reforçar o controlo e a segurança na fronteira, e para ajudar a garantir o respeito pelos espaços públicos.

Desde o início da crise na Venezuela, já vieram para a Colômbia 550 mil venezuelanos. A estes, acresce a chegada diária de 37 mil pessoas, que vêm comprar alimentos e medicamentos à Colômbia.



Notícias relacionadas