Papa coloca a semente da reconciliação entre o povo colombiano

O sumo pontífice chegou na quarta-feira à Colômbia para uma visita cujo tema foi “Damos o primeiro passo”.

Papa coloca a semente da reconciliação entre o povo colombiano

Durante a sua passagem pela Colômbia, um país com 48 milhões de habitantes, o Papa não se cansou de exortar à reconciliação no país. Ao longo dos 5 dias da sua visita pastoral, o Papa Francisco tentou semear a paz e a reconciliação, depois do acordo de paz assinado com as FARC, que causou profundas divisões políticas internas.

O sumo pontífice chegou na quarta-feira à Colômbia para uma visita cujo tema foi “Damos o primeiro passo”. O Papa Francisco afirmou “Não podemos hesitar em dar o primeiro passo, pois caminhamos juntos todos os dias à procura do encontro com o outro, em busca da harmonia e da fraternidade. Não podemos ficar parados” – afirmou o Bispo de Roma, durante a sua última missa na Colômbia, celebrada em Cartagena das Índias.

O Papa Francisco veio à Colômbia para mostrar que a paz e a reconciliação devem constituir um casamento indissolúvel, pois sem a reconciliação os conflitos regressam e perpetuam-se no tempo, e a paz fica-se apenas pelas boas intenções. Segundo o sumo pontífice, este é o risco que se vive na Colômbia, depois de um conflito de 53 anos entre o estado e as FARC, num contexto em que também existem outros focos de violência e outros grupos armados como a guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN), grupos criminosos de origem paramilitar e máfias do tráfico de droga.



Notícias relacionadas