México vive o maior terremoto desde 1932

O saldo até agora é de 61 mortos, mais de 250 feridos e 159 municípios declararam estado de emergência

México vive o maior terremoto desde 1932

O terremoto que atingiu o México na quinta-feira e uma parte da América Central, é o maior que o país já sofreu desde 1932.

Vários municípios do sul do México acordaram hoje em meio a escombros, edifícios danificados e sem energia elétrica, como resultado do terremoto de magnitude 8,2 na escala de Richter registrado às 23.49 (horário local) na quinta-feira.

O presidente Enrique Peña Nieto declarou hoje três dias de luto nacional pelas vítimas do terremoto, que até agora chega a 61.

De acordo com Peña Nieto, 45 pessoas morreram nos estados de Oaxaca (sul), 12 em Chiapas (sudeste) e 4 em Tabasco (sudeste).

As estimativas iniciais indicam que até 50 milhões de pessoas foram expostas ao terremoto no México e 37 milhões o perceberam moderadamente ou fortemente.

A magnitude do terremoto, cujo epicentro estava localizado a 133 quilômetros a sudoeste de Pijijiapan, em Chiapas, superou o registrado em 19 de setembro de 1985 (de 8,1 na escala de Richter).

 

Fonte: EFE



Notícias relacionadas