Tunísia convoca organizações internacionais que parem com os ataques de Israel

A Tunísia pediu hoje ao Conselho de Segurança das Nações Unidas e organizações internacionais para tomar iniciativas contra as violações dos direitos humanos por parte de Israel

Tunísia convoca organizações internacionais que parem com os ataques de Israel

A Tunísia pediu hoje ao Conselho de Segurança das Nações Unidas e às organizações internacionais que tomem iniciativas contra as violações dos direitos humanos por parte de Israel.

No 30º aniversário da proclamação da independência do Estado palestino, o Ministério das Relações Exteriores da Tunísia enviou uma declaração por escrito.

A Tunísia insta o CSNU e os organismos internacionais a assumir a correspondente responsabilidade de impedir os ataques de Israel ao povo da Palestina.

Se convoca as esferas internacionais a parar os planos de Israel para distorcer a história e estatuto quo de Jerusalém e os territórios palestinos ocupados, a construção de novas colônias judaicas à custa de convenções internacionais e resoluções da ONU e transgressões em lugares sagrados para muçulmanos e cristãos.

"A Tunísia apoia os esforços internacionais para uma paz justa baseada no princípio de uma solução de dois estados. Da mesma forma, é constante a posição da Tunísia sobre o direito do povo palestino de fundar uma Palestina independente com a capital em Jerusalém Oriental de acordo com as fronteiras marcadas em 1967 ",  anuncia.


Etiquetas: Israel , Tunísia , Palestina , ONU

Notícias relacionadas