Chade: 17 terroristas do Boko Haram mortos nas margens do Lago Chade

23 mortos é o balanço de um ataque lançado na noite de sexta-feira para sábado, pelo grupo terrorista nigeriano Boko Haram, nas margens do Lago Chade pertencentes ao território do Chade.

Chade: 17 terroristas do Boko Haram mortos nas margens do Lago Chade

23 mortos é o balanço de um ataque lançado na noite de sexta-feira para sábado, pelo grupo terrorista nigeriano Boko Haram, nas margens do Lago Chade pertencentes ao território do Chade. A informação foi avançada no sábado pelos meios de comunicação do país e internacionais.

O ataque teve como alvo as localidades chadianas de Mussarom e Ngueleya, situadas nas margens do Lago Chade a alguns quilómetros a sul da cidade de Baga Sola. A informação foi avançada pelo site Koaci, especializado em informação sobre questões africanas.

“Dois militares, três agentes da Autoridade de Águas e Florestas e um guarda fiscal foram mortos durante o ataque, durante o qual 17 terroristas também foram neutralizados pelas forças chadianas, ainda de acordo com a mesma fonte.

A morte dos 17 terroristas do Boko Haram foi confirmada pelo porta voz do exército do Chade, que confirmou também a morte de 3 soldados do seu país.

No passado mês de julho, 18 civis foram mortos em circunstâncias semelhantes numa aldeia a sul de Daboua, um pequeno município chadiano muito perto da fronteira com o Níger.



Notícias relacionadas